quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Profissão? Mãe de Autista


Esta deveria ser a resposta de toda mãe que tem um(a) filho(a) autista. Afinal, é tão desafiador como qualquer profissão. Ser mãe é uma dádiva e um desafio diário. Mas ser mãe de autista deveria ser título profissional. E não há nenhum exagero nisto. Especialmente para aquelas mulheres que não possuem parentes ou outras pessoas para darem suporte. No meu caso, somos eu e meu esposo. É extramente difícil conseguirmos um tempo pra nós, já que nos mudamos recentemente, e não temos familiares na cidade.
O autista vê e interage com o mundo de uma forma pessoal e diferente. Entendê-lo é um desafio, especialmente no nosso caso, em que nosso filho tem apenas três anos de idade e ainda não é verbal (não se expressa com palavras). Nos esforçamos para compreender seus gestos e gritos. É uma tortura para ele e para nós.
Nesse turbilhão, a mãe, como figura principal, fica presa a rotinas e compromissos que tornem a vida de seu filho menos difícil. Nisto se vai sua autoestima, o tempo para cuidar de si mesma, para se amar, e vive de doação, se doando 24 horas por dia, 7 dias por semana para este pequeno ser que não entende a sociedade que o cerca, e que o rejeita por não se encaixar em seus moldes.
Para entender este mundo peculiar nos tornamos psicopedagogas, para oferecer alimentos nutritivos considerando suas restrições alimentares nos tornamos nutricionistas, para entender a sensibilidade de sua pele com uso de roupas e calçados nos tornamos estilistas, para decifrar seus balbucios nos tornamos fonoaudiólogas, médicas, enfermeiras, e tudo mais que seu mundo exigir.
E apesar de cansativo, é opcional, é o amor que nos faz levantar todos os dias com o mesmo objetivo: contribuir para que sejam felizes, conseguindo ou não vencer suas dificuldades, sendo aceitos ou não, sempre com amor, paciência, resiliência e esperança. Não há diplomas, faculdades ou qualquer outra coisa que nos capacite a ser mães de autista.
Mas há uma pessoa que sabia que seriamos capazes de tão grandioso e recompensador desafio, antes mesmo de virmos a este mundo, Ele sabia, que eu e você, contrariando as opiniões alheias seríamos capazes. E nos resta dizer: obrigada Deus por acreditar em mim!

0 comentários:

Postar um comentário